08nov
Poplicado em: 08/11/2017 Comentários: 0

No próximo sábado, dia 18/11, a Cia. Teatral Oops!.. volta a entrar em cartaz com sua mais recente montagem: o espetáculo “WILLIAM WILSON“, a terceira e última parte da Trilogia de espetáculos acerca da obra do escritor norte-americano Edgar Allan Poe. A apresentação integra a programação da 16° Mostra Nacional de Teatro de Porangatu – GO, e será realizada às 20h, no Teatro do Centro Cultural de Porangatu, com entrada franca. Logo em seguida a Oops!.. embarca direto para o Ceará, onde realizará várias apresentações das peças OLHO e GATO PRETO, nas cidades de Pacajus e Fortaleza, dentro do projeto “Caravana Poe”.

Com direção de Sol Silveira e estética contemporânea, a peça inspirada no conto homônimo “William Wilson”, do escritor norte-americano Edgar Allan Poe, conta com a participação exclusiva da Banda Cascavelvet, que executa toda a trilha sonora do espetáculo ao vivo, regada ao som do rock psicodélico. A montagem tem como proposta reunir elementos fundamentais da obra poeana, como a erudição, a loucura, a consciência de si mesmo e o horror, estando os três últimos presentes nos dois personagens centrais de “William Wilson”, a qual assombra seus convivas, e são assombrados pelas atormentações de suas mentes perturbadas e geniais, em uma representação densa e egotista.

“William Wilson” conta-nos a história de um jovem de descendência nobre que encontra, logo no primeiro dia de escola, um colega com o mesmo nome que o seu. No princípio, William e seu homônimo são apenas colegas de escola, que se detestam levemente por serem tão parecidos, e a maneira protetora com que o homônimo o tratava causava asco e desprezo pelo seu sósia, fazendo-o fugir da escola. Porém após esta fuga, William entra em uma espiral de decadência moral e espiritual, envolvendo-se em orgias, traições e jogos de azar, enredando-se cada vez mais neste mundo sombrio.

Serviço

Espetáculo William Wilson

16° TENPO

Dia 18/11, ás 20h

No Teatro do Centro Cultural de Porangatu

Entrada Franca

Compartilhar